A- A A+

O presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Mané Ferrari, participou da reunião do Fórum Nacional do Turismo (Fornatur), que reúne os secretários de turismo de todo o país, com o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto. Os reflexos da pandemia do coronavírus (Covid-19) no turismo e medidas a serem adotadas para amenizar os impactos econômicos foram os principais assuntos da videoconferência realizada nesta terça-feira, 6.

Na quarta-feira (7), uma nova reunião está prevista entre os integrantes do Fornatur com o Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio - o encontro será por videoconferência, às 16h.

- Diariamente estamos em contato com o trade de Santa Catarina para encontrarmos, juntos, o melhor caminho diante desta situação delicada que o turismo está inserido. A partir destes contatos, reuniões e conversas, a Santur está encaminhando as necessidades e realizando deliberações junto ao Ministério do Turismo e, como foi hoje, com a Embratur. Será unidos que vamos conseguir encontrar as melhores soluções - disse Mane Ferrari.

Na conversa desta terça, de acordo com o presidente da Santur, Mane Ferrari, as demandas levantadas junto ao trade catarinense foram apresentadas à Embratur e, juntamente com representantes dos outros estados, debatidas alternativas que podem ser empreendidas pelo Governo Federal para auxiliar as empresas do setor a superar o período de crise. Além da brusca queda no movimento, a possibilidade de antecipação de feriados, conforme sugerido pelo Ministério da Economia, tem gerado preocupação para o setor.

Os membros do Fornatur reiteraram o interesse em um maior protagonismo junto ao Ministério do Turismo e Embratur na execução da campanha de retomada do Turismo no país, assim como a descentralização de recursos para que os estados possam realizar suas campanhas para impulsionar a cadeia do turismo no âmbito nacional, além do cenário internacional.

Quanto as medidas de auxílio ao setor, os integrantes do Fórum destacaram a necessidade de flexibilizar a exigência de documentos para os pequenos e médios empresários no acesso às linhas de crédito; a suspensão de cobrança de energia elétrica de pequenas empresas e do setor hoteleiro; e a definição de um plano de recuperação do turismo e das companhias aéreas.

Presidente da Santur, Mane Ferrari (direita) e o presidente da Embratur, Gilson Machado, durante a videoconferência nesta terça

 

Posicionamento da Embratur na reunião

O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, informou que já está em andamento um plano de recuperação do turismo e de socorro às companhias aéreas e que as demais medidas sugeridas pelo Fornatur serão levadas ao Ministério do Turismo. De todo modo, salientou, qualquer iniciativa de apoio ao Turismo depende da aprovação da MP 907 (que propõe a isenção de cobrança de direitos autorais em hotéis e embarcações), para que o órgão consiga ampliar sua dotação orçamentária. Nesse sentido, solicitou a articulação das bancadas estaduais para angariar apoio à aprovação da MP no Congresso Nacional.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SANTUR | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito