A- A A+

Pesquisadores do curso de Gestão do Turismo, do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Câmpus Florianópolis-Continente, estão realizando uma pesquisa para saber quais as preferências quanto ao uso turístico da Ponte Hercílio Luz e seu entorno. A ponte, símbolo da capital catarinense, foi reaberta no final de 2019 para o tráfego de pedestres e veículos, depois de 28 anos fechada.

O coordenador do estudo, professor Tiago Savi Mondo, explica que a ponte tem desempenhado um importante papel na mobilidade urbana, ligando o continente à Ilha de Santa Catarina, mas ainda não há projetos e pesquisas que indiquem as possibilidades de uso turístico. - Investigar isso é algo relevante para uma cidade com todo potencial turístico como Florianópolis - completa.

+++ Para participar da pesquisa clique aqui

No questionário há opções para o uso da ponte para fins recreativos, como show de fogos de artifícios e apresentações artísticas; esportes radicais, como bungee jumping, pêndulo humano, escalada, rapel, slackline e tirolesa; ou até mesmo para pendurar fitas coloridas pela ponte para representar o amor e a amizade, como é costume em algumas pontes ao redor do mundo. Os participantes também podem enviar outras sugestões. 

O relatório com as possibilidades de uso turístico que será entregue aos gestores da Ponte Hercílio Luz.

ponte hercilio luz 20200104 1441922610 

Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Informações: Assessoria de  Comunicação IFSC

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SANTUR | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito