A- A A+

O Governo do Estado de Santa Catarina iniciou, nesta sexta (22), uma aproximação junto ao Consulado Britânico no Brasil para o desenvolvimento do turismo catarinense. A reunião realizada na Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), em Florianópolis, estreitou a relação com o governo britânico que tem o objetivo de trazer novos parceiros e investimentos ao Estado, com foco no setor náutico.

 

Foto: Renan Koerich / Santur

 

Entre os temas abordados, estiveram a capacitação do setor catarinense, a troca de tecnologia e conhecimento junto à academia, como disciplinas em universidades, e também a abertura do mercado catarinense para suprir as necessidades do setor com a expertise britânica. Um acordo de cooperação técnica deve ser firmado em breve para que os dois governos possam atuar de forma conjunta e, desta maneira, abrir o mercado de Santa Catarina para investidores e parceiros vindos da Europa.

A comitiva do Consulado Britânico, integrada pelo Cônsul Honorário em Santa Catarina, Michael Delaney, o head de Comércio e Investimentos do Departamento de Comércio Internacional do Reino Unido no Brasil, Martin Whalley, e da analista comercial de Indústrias Marítimas do Consulado Britânico Geral, Laura Martucci, foi recebida pelo presidente da Santur, Renê Meneses, o secretário da Secretaria de Articulação Internacional (Sai), Fernando Raupp, e também pelos diretores Márcio Evangelista e Michele Castilho  representando a Associação Náutica Brasileira, ACATMAR, que preside o GT Náutico.

Foto: Renan Koerich / Santur

 

De acordo com o presidente da Santur, o Estado terá muito a ganhar com essa cooperação também tanto para a área pública quanto para o setor privado.

- Essa aproximação traz uma série de benefícios para Santa Catarina, pois poderemos atrair novos investidores para o setor náutico, que é referência no Brasil. Além disso, há a possibilidade de construirmos projetos conjuntos com o apoio do financiamento que foi proposto pelo Cônsul. Essa certamente será uma relação duradoura, com benefícios para os dois lados - destacou Renê Meneses.

Na conversa, o Cônsul Honorário abriu a possibilidade do Estado utilizar, em projetos mais robustos, a Agência de Crédito à Exportação do Governo Britânico (UKEF). A Agência tem o objetivo de aumentar o relacionamento comercial entre o Brasil e o Reino Unido. Segundo Michael Delaney, a UKEF tem uma capacidade de mais de £ 2,2 bilhões (aproximadamente 15 bilhões de reais).

Foto: Renan Koerich / Santur

 

- O que nós queremos aqui é uma parceria entre o nosso governo e o Estado de Santa Catarina. Não queremos vender ou simplesmente investir aqui. Nosso Ministro do Comércio Exterior é muito claro: nós queremos desenvolver os nossos parceiros, pois isso também é um benefício para nós. É só assim que Santa Catarina ficará mais competitiva no futuro e isso só nos fortalece também - disse Michael Delaney.

Uma nova agenda do Cônsul em Santa Catarina está prevista para a próxima semana, com o foco na educação, com o intuito de capacitar o mercado de trabalho náutico. Além disso, um novo encontro está definido para o São Paulo Boat Show, feira náutica que ocorrerá a partir do dia 4 de novembro na capital paulista.

 

 

 

 

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SANTUR | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito